Bridgetown

O Morgan Lewis Sugar Mill
A extraordinária Gruta de Harrison
Águas cristalinas e edifícios coloniais

Procurar cruzeiros nas Caraíbas, Cuba e Antilhas

Bridgetown

A capital de Barbados

Ao chegar a Barbados num navio de cruzeiro MSC, comece por descobrir a sua capital, Bridgetown. Entre as várias atracções desta pequena cidade das Caraíbas, vale a pena admirar os seus vários edifícios coloniais, o Edifício do Parlamento e a estátua de Lord Nelson, situada na praça actual denominada National Heroes Square.

A actual Igreja Paroquial de São João, a St. John's Parish Church é a quinta reconstrução da igreja local mais antiga que data de 1836. No seu interior encontrará uma escultura do artista britânico do século XVIII, Richard Westmacott, e no adro da igreja o túmulo de Ferdinando Paleologus, um descendente directo do irmão de Constantino XI, o último imperador bizantino. 


O bairro mais curioso a visitar é o de St. Andrew. Ali encontrará o centro de cerâmica artesanal Chalky Mount Potteries e o moinho de vento Morgan Lewis Sugar Mill, um excelente pano de fundo para uma fotografia. 

Para conhecer a história da terra visite o museu Barbados Museum & Historical Society, no bairro de St. Michael. 


Faça uma excursão na parte leste da ilha para visitar os jardins Andromeda Botanical Gardens, a uma curta distância da paróquia de São José. Concebidos há sessenta anos para serem jardins privados, actualmente estão abertos ao público em todo o seu esplendor tropical. A Gruta de Harrison, localizada no bairro de St. Thomas, é mais um triunfo da natureza com as suas estalactites, estalagmites, riachos, lagos e cascatas. Numa das grutas, o jogo de luzes nas rochas é tão intenso que foi apelidada de “Sala de Cristal”. 


Uma excursão alternativa de cariz histórico levá-lo-á até Holetown: uma paragem essencial para quem pretende saber mais sobre as tradições das ilhas. Trata-se do primeiro povoamento inglês. Este facto foi homenageado com o Monumento de Holetown, erguido em comemoração do primeiro desembarque inglês. Ali também encontrará a Igreja de São Tiago, a St. James Church, que data do século XVII. 


Se optar pela praia, a Accra Beach é a mais famosa e dotada das Caraíbas , oferecendo águas cristalinas, areia branca e vida marinha perfeitas para um anúncio ao mergulho submarino com tubo.

Lugares imperdíveis em Bridgetown

Conheça as nossas excursões

Nenhum resultado encontrado

    De momento, a selecção para este porto não tem resultados. Por favor modifique filtro para descobrir a melhor forma de descobrir o destino!

Barbados

Comida, bebida e rum nas fronteiras do Atlântico
Comida, bebida e rum nas fronteiras do Atlântico

Numcruzeiro MSC nas Caraíbas desembarcará em Bridgetown, Barbados.

Durante mais de três séculos, Barbados foi uma colónia britânica logo, talvez não seja de surpreender, que mantenha algumas características britânicas: os nomes dos lugares, o críquete, a equitação e o pólo, as igrejas paroquiais anglicanas e até um bairro montanhoso conhecido por Escócia. Mas o carácter britânico pode ser exacerbado, dado tratar-se de um país distintamente índico ocidental, coberto por uma manta de retalhos de culturas de cana-de-açúcar e repleto de lojas de rum minúsculas. Entre os preferidos, contam-se o calipso na música e o peixe-voador nas especialidades culinárias, sendo que essas influências virão muito provavelmente das Américas e não da Europa. O povo de Barbados, conhecido por Bajan, é tão agradável e acolhedor como em qualquer outro lugar. Entre as atracções mais típicas numa viagem a Barbados estão as casas das plantações evocativas da ilha, os seus jardins botânicos coloridos e os imponentes fortes militares e estações de sinal. A capital Bridgetown é um lugar animado para visitar, com um museu nacional excelente e bares e discotecas excelentes.

E existem ainda as praias, desde as faixas costeiras sempre apinhadas, como a praia Accra e Mullins Bay até aos minúsculos, mas magníficos retalhos de areia envolvidos por palmeiras, como a Bottom Bay, a sudeste.