São João

Fachadas em tons pastel e varandas floridas
Arquitectura colonial espanhola
O Paseo de la Princesa

Procurar cruzeiros nas Caraíbas, Cuba e Antilhas

São João

Uma caminhada revigorante à beira-mar

São João é um dos principais destinos mundiais de navios de cruzeiro, pelo que acolhe a maioria das embarcações de recreio no seu porto junto à parte antiga da cidade.

Na década de 1970, a Velha São João (Viejo San Juan) era apenas uma memória de tempos áureos, uma colecção reduzida de relíquias coloniais espanholas, que não se encontravam em melhor forma do que o império em colapso que as construiu. No entanto, actualmente, na sequência de obras de renovação extensas e minuciosas, essa zona de sete quarteirões é considerada um dos tesouros mais bem guardados da arquitectura colonial espanhola, tendo sido declarada Património da Humanidade.


Antes de continuar as suas férias nas Caraíbas, tem de fazer uma paragem em São João para percorrer as suas ruas estreitas e íngremes –tipicamente calcetadas com paralelepípedos suaves e iridescentes, conhecidos como adoquines, originalmente usados como lastros nos navios e em determinadas construções (algumas das mais antigas do hemisfério ocidental) – com os seus edifícios de fachadas em tons pastel suave e varandas em ferro forjado, repletas de plantas e flores.


O centro histórico ocupa o promontório de uma ilha de 4 km de extensão (ligada ao continente por uma ponte) que protege a baía de São João que, ao longo dos séculos, tem sido um porto essencial do Novo Mundo. Inicialmente era conhecida por Puerto Rico, ou “porto rico”, graças à sua situação geográfica ideal para escalas portuárias.


Pode começar o seu passeio na zona antiga, no Paseo de la Princesa, uma calçada marítima animada e rumar para oeste, ao largo da muralha meridional da cidade. O edifício neoclássico sofisticado, cinzento e branco, que verá é conhecido como La Princesa. Construído em 1837 para ser um estabelecimento prisional, abriga presentemente os escritórios da sede da PRTC, além de uma galeria de exposições de obras de artistas contemporâneos porto-riquenhos.

A própria muralha da cidade, em espanhol La Muralla, oferece um panorama impressionante. Até finais do século XIX, envolvia toda a Velha São João, com 3.900 metros de arenito, culminando na fortaleza de El Morro no promontório.

Lugares imperdíveis em San Juan

Conheça as nossas excursões

    Porto Rico

    Natureza e modernidade
    Natureza e modernidade

    Porto Rico ocupa uma posição crucial das Caraíbas: é a última ilha substancial antes do extenso braço das Antilhas descer rapidamente em direcção à Venezuela, fragmentando-se até as minúsculas ilhas Leeward e Windward.

    Uma viagem a Porto Rico pode ser uma rara oportunidade de testemunhar o seu estatuto único de  Commonwealth dos EUA, que lhe permite ser um mundo à parte das suas ilhas vizinhas, a uma distância que pode ser medida não apenas em quilómetros, mas em dólares. 


    É um lugar que alia a vida de ilha com um nível de infra-estruturas raramente visto na região: as excelentes estradas inter-estaduais permitem que os viajantes voem de uma barreira de corais até um restaurante cinco estrelas. 

    A influência norte-americana sente-se mais em São João, onde nem mesmo as muralhas de El Morro (que evitaram os agressores europeus ao longo de 500 anos) conseguiram travar o afluxo das cadeias norte-americanas retalhistas e de fast-food. Mas o coração da capital mantém uma personalidade distintamente latina , na parte antiga de São João encontrará verdadeiros tesouros da arquitectura colonial espanhola nas calçadas maravilhosamente restauradas. 


    No seu cruzeiro a Porto Rico, constatará que até mesmo na capital as praias são imaculadas e que, fora das principais cidades, a natureza se encontra praticamente intacta, sobretudo no interior montanhoso e coberto de mato, nas suas praias relativamente escondidas ao largo da costa sul e nas ilhas costeiras.