Cristóbal

O Fuerte de San Lorenzo
As margens do Lago Gatún
A baía azul-turquesa de Portobelo

Procurar cruzeiros nas Caraíbas, Cuba e Antilhas

Cristóbal

Uma visão actual do passado

Cristóbal é o enclave portuário da cidade de Colón à qual chegará num cruzeiro MSC.

A sudoeste da cidade, uma estrada passa pelas enormes Eclusas de Gatún, onde poderá aproximar-se dos navios de carga gigantescos que vão sendo elevados e rebaixados entre o nível do mar e o Lago Gatún.


Depois de atravessar o canal, a estrada divide-se: à direita, serpenteia-se ao longo de 22 km, pela floresta cerrada, até às ruínas evocativas do colonial Fuerte de San Lorenzo que protege a foz do rio Chagres; à esquerda, eleva-se ao largo da costa do Lago Gatún, oferecendo um panorama deslumbrante sobre as águas e três ilhas pontilhadas, ondulando de seguida pelos campos agrícolas até às comunidades costeiras raramente visitadas da Costa Abajo.


Os cruzeiros MSC nas Caraíbas e Antilhas também oferecem excursões a Portobelo. Na era colonial, essa cidade situada num local panorâmico era a povoação mais importante do istmo, a seguir à Cidade do Panamá, dado que era um local de passagem de todos os tesouros da América do Sul, a caminho de Espanha. 


As fortalezas em ruínas, reminiscentes das tentativas dos conquistadores de proteger o tesouro das garras de piratas e corsários, constituem as principais atracções turísticas da cidade. De facto, a vista de outrora dos soldados, a partir dos canhões espanhóis enferrujados, sobre a baía de águas azul-turquesa é um dos cartões postais mais conhecidos do Panamá, transmitindo a imagem de um posto militar longínquo rodeado por vegetação densa. 


Logo, poderá surpreender-se ao encontrar os fortes localizados em plena cidade moderna economicamente desfavorecida, com casas degradadas apoiadas nas ruínas históricas e crianças a jogar futebol num antigo campo de manobras. Fácil de conhecer a pé, a cidade propriamente dita ocupa uma faixa de terra estreita entre a estrada principal e a baía que se une ao mar das Caraíbas.

Lugares imperdíveis em Cristóbal

Conheça as nossas excursões

    Republica do Panamá

    Uma exuberância cativante
    Uma exuberância cativante

    Abrangendo florestas altas nubladas, ilhas deslumbrantes repletas de palmeiras, culturas nativas animadas e a capital mais dinâmica da América Central, uma viagem ao Panamá oferece uma paisagem surpreendentemente variada para um país tão pequeno.

    Esta nação esguia e sinuosa é dona de uma história única: desde os comboios de mulas carregados de preciosidades do Camino Real espanhol até à abertura ceifada pela floresta tropical do canal mais famoso do mundo, o Panamá provou há muito tempo ser um atalho crucial entre o mar das Caraíbas e as ondas do Pacífico


    Constituindo também um cruzamento biológico, o istmo também se vangloria de possuir uma densidade de biodiversidade vegetal superior à da Amazónia. 

    Graças ao seu tamanho compacto, a vasta maioria das atracções turísticas do Panamá podem ser facilmente visitadas. 

    Num cruzeiro ao Panamá, deparar-se-á com a irresistível  justaposição do antigo e do moderno, do artificial e do natural: grandes navios de contentores Panamax computorizados transitam no canal, atravessando florestas tropicais primitivas, repletas de sapos fluorescentes e gatos selvagens esquivos, a apenas meia hora de distância de piroga do local onde os habitantes de Emberá praticam a sua agricultura de subsistência. 


    Ao visitar as margens do país e o seu interior pouco visitado, pode descobrirarquipélagos e selvas intactas, ficar em cidades pequenas, aldeias simpáticas e estâncias ecológicas longínquas e, a partir do Vulcão Barú,  o pico mais elevado do Panamá, pode testemunhar a vista única e de cortar a respiração do nascer do sol em simultâneo sobre os oceanos Pacífico e Atlântico.