Castries

Um antigo refúgio de piratas
Os melhores centros comerciais das Caraíbas
Aldeias piscatórias, serpentes e praias desertas

Procurar cruzeiros nas Caraíbas, Cuba e Antilhas

Castries

Um cenário de filme

Umas férias em Castries, a capital de Santa Lúcia, não ficariam completas sem uma visita à Howelton House.

O berço do Caribelle Batik, fica situado nas colinas acima de Castries e do mar das Caraíbas. Aqui, poderá assistir à criação dos esplêndidos tecidos tingidos artesanalmente que se transformam em vestuário e acessórios batique, mesmo antes de comprá-los e regressar ao seu navio de cruzeiro MSC

Poderá fazer outras compras no Mercado Central, onde encontrará o trabalho de artesãos locais: artigos em madeira, cerâmica, cestos e objectos de fibras naturais. 


Em Castries, poderá fazer as suas compras duty free na Place Carenage e nos centros comerciais de Pointe Seraphine, considerados por muitos os melhores das Caraíbas.

Para descontrair, recomenda-se uma viagem à baía de Marigot, eleita pelo autor inglês James Michener a baía mais bela das Caraíbas . Semelhante a um fiorde na sua profundidade, foi usada como refúgio pelos piratas durante muitos anos e pelos submarinos alemães na Segunda Guerra Mundial.


Rumando para sul, ao largo da costa, chegará à Anse-La-Raye que graças à sua beleza, foi escolhida como cenário de vários filmes, incluindo tendo Sophia Loren como protagonista. É uma aldeia piscatória típica do litoral na qual poderá sentir a magia negra, Obeah (semelhante ao vodu), e encontrar os homens Obeah, os xamanes, que ainda continuam a ser respeitados e temidos pelos habitantes.


Uma excursão à costa ocidental levá-lo-á à parte selvagem da ilha. Não deixe de visitar também a Reserva Natural da ilha de Fregate, refúgio de garças, jibóias e “fer-de-lances” (espécie de víbora). Poderá optar entre muitas trilhas, excursões todo-o-terreno e parques de aventura.


Não perca também a praia de Anse l’Ivrogne, que também atende pelo nome de Black Hole (Buraco Negro). Aqui, o fundo do mar apresenta um declive brusco atingindo uma profundidade de 600 metros.

Lugares imperdíveis em Castries

Conheça as nossas excursões

    Santa Lúcia

    Entre aldeias piscatórias e nascentes de água sulfurosa
    Entre aldeias piscatórias e nascentes de água sulfurosa

    Ao chegar a Santa Lúcia, provavelmente, não será o Monte Gimie, o ponto mais alto da ilha (quase mil metros) a impressioná-lo em primeiro lugar, e sim os dois picos vulcânicos espectaculares, conhecidos por Pitons. O Petit Piton e o Gros Piton símbolizam Santa Lúcia e são o destino de inúmeras excursões nos cruzeiros MSC nas Caraíbas.

    Abaixo dos picos está Soufrière, fundada pelos franceses em 1746, uma pequena cidade vivaz aninhada na bela baía dominada pelos Pitons que foi baptizada com esse nome pelas nascentes de água sulfurosa, abundantes na região. Recomendamos que não deixe de visitar os Jardins Botânicos de Diamond com as suas termas minerais ou a cascata Toraille, rodeada por um jardim tropical, ou ainda as cascatas de água sulfurosa dos Pitons.

    No seu cruzeiro a Santa Lúcia, pode mergulhar na vida local em Choiseul, uma aldeia piscatória com uma igreja nas margens do oceano azul-vivo e um pequeno mercado de peixe nas redondezas. Um pouco mais a norte está a praia de Sab Wee-Sha, uma praia encantadora de areia preta, raramente visitada pelos turistas.

    A flora e a fauna quase intocadas de Santa Lúcia podem ser admiradas na reserva natural das ilhas Maria, onde encontrará alguns dos exemplos mais raros de répteis, tais como o lagarto Cnemidophorus vanzoi ou a Dromicus ornatus, uma serpente não venenosa rara.