Abu Dabi

Uma cidade plena de emoções
O Ferrari World de Abu Dabi
Uma mesquita imponente de 500 milhões de dólares

Procurar cruzeiros em Dubai, Abu Dabi e Sir Bani Yas

Abu Dabi

O prazer do luxo indomado

A capital dos Emirados Árabes Unidos, Abu Dabi, onde o navio de cruzeiro MSC aguarda o seu regresso, oferece um contraste curioso em relação ao seu vizinho despreocupado, Dubai, a pouco mais de uma hora de distância ao longo da costa.


Entre as principais atracções dos seus cruzeiros nos Emirados e Omã a Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, incluem o extravagante hotel Emirates Palace e a ainda mais espectacular Mesquita do Xeque Zayed, ao passo que as várias atracções da Yas Island, a ilha onde se encontra o enorme parque de diversões Ferrari World, estão mesmo ao virar da esquina. 
 
A atracção principal da Yas Island, em Abu Dabi, oferece uma excursão de sonhos para qualquer fã de Fórmula 1. O “maior parque de diversões coberto do mundo” oferece um conjunto alargado de corridas e exposições sobre a Ferrari que agradarão tanto a miúdos quanto a graúdos, incluindo a possibilidade de conduzir um simulador de F1 ou de dar uma volta na montanha-russa Formula Rossa (a mais rápida do mundo) ou ainda de sentir a aceleração de um dia nas pistas na “torre de alta velocidade” G Force, bem como inúmeras opções de diversão mais adequadas para famílias. 
 
Os entusiastas dos desportos automobilísticos também poderão apreciar uma enorme exposição de modelos Ferrari clássicos e contemporâneos, além de uma visita virtual às célebres instalações fabris da marca em Maranello. A cerca de 15 km do centro de Abu Dabi, a imponente Mesquita do Xeque Zayed domina toda a paisagem ao redor da cidade, o seu conjunto branco-neve de domos e minaretes, visível a quilómetros de distância, constitui um símbolo extraordinário do orgulho islâmico à entrada da capital dos Emirados Árabes Unidos.
 
Concluída em 2007, a mesquita foi encomendada pelo Xeque Zayed bin Sultan al Nahyan (tendo recebido o seu nome), que foi sepultado num mausoléu modesto em mármore branco junto da entrada. A mesquita é uma das maiores do mundo e certamente a mais cara, tendo sido necessários doze anos para a sua construção, a um custo de aproximadamente 500 milhões de dólares norte-americanos. Além disso, apresenta outra característica invulgar dado ser uma das duas únicas mesquitas dos EAU abertas a não muçulmanos.

Lugares imperdíveis em Abu Dhabi

Conheça nossas excursões

    Emirados Árabes Unidos

    Diamantes que brilham no deserto
    Diamantes que brilham no deserto

    Na verdade, o Dubai é apenas um dos sete pequenos Estados que formam colectivamente os Emirados Árabes Unidos, ou EAU, uma confedereção livre fundada em 1971, após a saída dos britânicos do Golfo.

    Tecnicamente, os sete emirados são considerados iguais e preservam um nível considerável de autonomia legislativa, um pouco à semelhança dos diversos estados dos EUA – o que explica, por exemplo, por que motivo a legislação local difere tanto da do vizinho Sharjah.

    No entanto, na prática existe uma clara hierarquia, tal como constatará no seu cruzeiro aos Emirados. Abu Dabi é facilmente o maior e mais rico dos Emirados, serve de capital (mesmo se a cidade de Abu Dabi tem apenas metade do tamanho do Dubai) e exerce uma enorme influência a nível da política nacional, além de ser a residência do líder político dos Emirados.

    O Dubai está em segundo lugar, seguido por Sharjah e, a seguir, pelos restantes Emirados de Umm al Quwain, Ras al Khaimah, Ajman e Fujairah cujo desenvolvimento continua a ser fraco, tendo mesmo surpreendentemente alguns pontos empobrecidos.

    O facto de a união ter sobrevivido, não obstante as divergências de opinião por vezes consideráveis entre o Dubai e Abu Dabi, é um enorme tributo à diplomacia local, embora isso também tenha dado azo a alguns desvios, bastando para tal considerar que o Dubai, com a sua posição internacional de destaque, nem sequer é a capital do seu próprio e diminuto país.