Cairns

City Place, o shopping pedonal a céu aberto
O Museu Cairns 
A histórica estrada de ferro cênica de Kuranda

Procurar MSC Grand Voyages

Cairns

Fragrância de açúcar

Ao cruzar o Oceano Pacífico com a MSC Cruzeiros, Cairns é seu porto de escala.
Cairns foi atrelada a um acampamento de pesca de lesmas marinhas quando foi encontrado ouro ao norte em 1876, embora tenham sido os recursos de estanho e madeira de Atherton Tablelands que estabeleceram a cidade e a mantiveram à frende de sua vizinha rival, Port Douglas.

Quando você desembarca de um cruzeiro MSC, você descobrirá que o ponto forte de Cairns está em fazer, e não ver: existem alguns monumentos, naturais ou não. Sua melhor apresentação à herança da região é no Museu Cairns, que usa fotos e artefatos para explorar a história marítima, os aborigenes Tjapukai e Bama dos planaltos, o envolvimento chinês na cidade e os campos de ouro de Palmer. Outras exposições vão desde as recordações da Segunda Guerra Mundial até a assustadora cadeira do dentista. No City Place, o shopping pedonal a céu aberto do lado de fora do museu, você encontrará o centro de compras de souvenirs, com uma grande variedade de cafés e lojas que vendem didgeridoos, camisetas, pinturas e fofos coalas de brinquedo.

De tempos em tempos, artistas locais fazem o seu melhor em sua pequena concha acústica e, normalmente, há mais ofertas profissionais na parte da tarde. Uma excursão terrestre em seu cruzeiro MSC Grand Voyages também pode ser uma oportunidade para visitar Kuranda. A maior parte das pessoas vêm até aqui pelos tão divulgados mercados diários, embora também haja muitos recintos com animais silvestres; procure opções combinadas com desconto para estas atrações.

A estrada que sai de Cairns chega ao topo da cidade, próximo aos mercados; no entanto, uma alternativa espetacular é viajar até a cênica estrada de ferrohistórica de Kuranda, que ascende indolentemente até as chapadas que saem de Cairns passando por Barron Gorge (parando para uma foto) e seguindo a bordo de uma das verdes gôndolas do teleférico Skyrail (ou vice-versa). Ambos oferecem espetaculares vislumbres da floresta tropical e das cachoeiras.

Lugares imperdíveis em Cairns

Conheça nossas excursões

    Austrália

    A terra dos contrastes
    A terra dos contrastes

    Mais do que os outros países desenvolvidos, um cruzeiro para a Austrália liberta sua imaginação. Para a maior parte dos visitantes seu nome é a abreviação de um verão interminável onde a vida é fácil; um lugar onde as aventuras são tão vastas como os horizontes e as brincadeiras fluem tão livremente como a cerveja; um país com espírito livre e fácil simpatia. Não é de se admirar que os australianos chamam seu país de O País da Sorte.

    A energia de sua cultura contemporânea apresenta um contraste com a antiga paisagem e muitas vezes parece com isso: muito da Austrália central e ocidental – a maior parte do país – é esmagadoramente árida e plana. Em contraste, suas cidades, em sua maioria fundadas tão recentemente, na metade do século XIX, estão cheias de energia jovem e vibrante.

    Uma viagem para a Austrália não estaria completa sem dar uma olhada em seu cenário mais icônico, o Outback; o vasto lendário deserto que segue para o oeste da Grande Cordilheira que separa o interior épico do país. Aqui, o céu azul de cor vívida, a terra vermelha-canela, desfiladeiros desertos e características geológicas, tão bizarras como a vida selvagem, fazem parte de uma ecologia única. Seu severo interior forçou a Austrália moderna a se tornar um país costeiro. A maior parte da população vive a até 20Km do oceano, ocupando um arco sudeste suburbano que se estende do Sul de Queensland até Adelaide.