Las Palmas de Gran Canaria

O Museu Cueva Pintada 
Cinco séculos de história
Dunas de areia à beira-mar

Procurar cruzeiros MSC Grand Voyages

Las Palmas

Suspensa entre a areia e as coníferas

Gran Canaria tem muito a oferecer aos visitantes das Ilhas Canárias num cruzeiro MSC. Pequenas cidades que aparecem e desaparecem como, por exemplo, Tejeda, na região montanhosa de Gran Canaria, que é periodicamente engolida por um mar de nuvens.
Quando as nuvens desaparecem, revelam o pico imponente do Roque Nublo, a paisagem estranha ao longo de suas encostas e, mais adiante, uma expansão infinita de bosques de coníferas. Na visita a Gran Canaria durante o seu cruzeiro MSC, também descobrirá desertos costeiros miniatura e raros, com dunas que se desdobram diante do mar em Maspalomas, um destino de férias de praia e surf.

Para conhecer a história milenar da ilha, opte por uma excursão à zona norte de Gran Canaria, ao Museu Cueva Pintada, a “Capela Sistina” pré-histórica. Decorada com desenhos geométricos, assemelha-se a um calendário. Nesse sítio arqueológico, também poderá observar habitações nativas munidas de utensílios de uso diário.

Mesmo no centro de Las Palmas de Gran Canaria, encontrará motivos para fazer uma pausa assim que desembarcar do seu navio de cruzeiro. Por exemplo, a praia animada de Las Canteras, com um quilómetro de extensão, protegida por uma saliência rochosa – a Barra – que protege a costa das ondas, ou o seu paseo (passeio marítimo) ladeado por pequenas lojas, restaurantes e bares com um enorme aquário ao ar livre ao fundo.

Contudo, a história mais recente desta terra pode ser absorvida com um simples passeio pelo centro da cidade. Nas ruas da antiga Vegueta, poderá sentir os cinco séculos da sua história. As suas calçadas já foram percorridas por todos navegadores de toda a parte, de Colombo em diante. Em alternativa, poderá rumar para sul e passear na Caldera de Bandama, a curta distância dos vinhedos de Tafira, onde poderá visitar uma adega vinícola.

Lugares Imperdíveis em Las Palmas

Conheça nossas excursões

    Chegar ao porto

    Porto de Las Palmas

    Esta seção contém informações sobre como chegar até o porto

    Terminal de Cruzeiros

    Cais Santa Catarina S?N, 35008

    Chegar ao porto de

    • Carro

      A empresa Fred Olsen and Armas faz opera as balsas até a ilha 
      Do Terminal de Balsas acessar a rodovia G1 com destino ao Porto de Las Palmas

      BALSA - ÔNIBUS
      As balsa da empresa Fred Olsen atracam no Porto de Angaete que fica a uma distância de 35 km do Terminal de Ônibus Santa Caatalina, ao lado do Terminal Marítimo. Há uma linha de ônibus entre o terminal de balsas de Las Palmas e Santa Cruz de Tenerife; um trajeto de 32 minutos. Os horários coincidem com os horários das balsas.
      Carro
    • Avião

      O Aeroporto de Gando, que opera voos internacionais e domésticos, fica a uma distância de 27 km (17 milhas) do porto pela rodovia GC-1. Do lado externo do aeroporto você encontrará serviço de taxi e linhas de ônibus que fazem o trajeto até o Terminal de Ônibus de Santa Catalina que fica ao lado do porto.
      Avião

    Espanha

    Amor à primeira vista
    Amor à primeira vista

    Caso esta seja a sua primeira visita a Espanha, tenha cuidado, pois trata-se de um país que rapidamente se torna viciante. Talvez tencione apenas fazer uma excursão durante o seu cruzeiro, um passeio a pé ou uma pausa na cidade, mas corre o risco de ser surpreendido por alguma coisa totalmente inesperada como, por exemplo, a comemoração de alguma fiesta local, ou a sublime arquitectura de Barcelona.

    Até mesmo nas estâncias balneares mediterrânicas mais turísticas da Costa del Sol encontrará um bar ou restaurante autêntico, frequentado pelos locais, e uma aldeia não muito distante, na qual uma antiga tradição tauromáquica nada depende do turismo. 


    Numa viagem a Espanha também poderá conhecer as grandes cidades do Norte, como Barcelona, que se reinventaram como destinos culturais essenciais (sendo que nem todas fecham para a "siesta" da tarde). 


    E agora que o mundo se volta para Espanha em busca de inspiração gastronómica, dado que o país tem alguns dos chefes mais aclamados e restaurantes mais inovadores do mundo, não restam dúvidas de que as coisas mudaram. Apesar da instabilidade do contexto económico actual, o país é analisado sob um prisma muito diferente face ao da geração anterior. 

    Por isso, prepare-se para ser surpreendido.