Sarande

Sítio Arqueológico de Butrint 
Castelo Ali Pasha Tepeleni 
Mosteiro Mesopotâmico

Encontre Cruzeiros no Mediterrâneo

Sarande

O seu guia da região sul da Albânia

Graças a um dos ambientes naturais mais espectaculares de todo o litoral da Albânia, com as suas praias de minúsculos seixos e um magnífico mar azul, Sarande, localizada próxima da fronteira com a Grécia, e de onde podemos avistar Corfu, tornou-se um dos destinos preferidos dos turistas no Mar Jónico.

Sarande é um dos destinos da MSC Cruzeiros no Mediterrâneo. Esta cidade costeira é uma das mais modernas de toda a região e oferece aos seus visitantes, além do mar, inúmeras belezas históricas e ambientais.
 
De entre as atracções mais importantes estão as ruínas da antiga Onchesmos (como Sarande era chamada), os restos da cidade de Foinike, o sítio arqueológico Romano de Butrint, que foi recentemente restaurado e devolvido à sua glória do passado, e o Castelo Ali Pasha Tepeleni, do século XIX, uma das construções mais importantes da Albânia com a sua estrutura quadrada à beira do Mar Adriático. Caminhando pelas ruas de Sarande, poderá conhecer a atmosfera típica de uma famosa região turística com os seus inúmeros hotéis. 

As excursões da MSC Cruzeiros levá-lo-ão a visitar a nascente cárstica de Syri Kalter e a sua famosa Blue Eye, um lago azul que faz lembrar a íris de um olho humano. Este olho d’água está no centro de uma magnífica floresta de carvalhos, um local perfeito para fazer piqueniques e desfrutar do abraço refrescante da Mãe Natureza. Nesta área encontra-se também o mosteiro mesopotâmico datado do século XIII, que é a única igreja bizantina de toda a Albânia e que se encontra em bom estado de conservação. Caracterizado por um plano especial de uma única nave com duas apsides, este antigo lugar de adoração é consagrado a São Nicolau (Shën Kolle).

Lugares imperdíveis em Sarande

Conheça as nossas excursões

    Albânia

    Um dos cantos intocados do Mediterrâneo
    Um dos cantos intocados do Mediterrâneo

    Há décadas a praticar o isolacionismo, a Albânia parece ainda não encaixar no grande puzzle continental com as suas notas distintamente exóticas que emanam do idioma, costumes e gastronomia.


    Uma mistura de montanhas escarpadas emolduradas por ondas cristalinas da praia, o sul da Albânia é a parte mais atraente do país. A rota interior exibe as cidades encantadoras de Berat e Gjirokastra, cada uma com ruas inteiras de edifícios otomanos
      
    Seguindo pela costa Jónica, conhecerá uma das poucas áreas intocadas do litoral mediterrâneo da Europa, um lugar quase sempre soalheiro onde os diferentes tons de azul do mar e do céu são cortados por uma cadeia de montanhas cinza - num dia claro é possível avistar Itália a partir do Desfiladeiro de Llogaraja, com 1.027m de altitude.


    Seguindo rumo a Corfu, numa viagem de um dia pelo território da ilha Grega, a soalheira Sarande talvez seja o ponto de entrada mais atraente da Albânia, um excelente lugar para relaxar, caminhar pela marginal e observar o pôr-do-sol degustando deliciosos cocktails. A cidade tem praias, mas as melhores estão localizadas a 25 km a sul, próximas do tesouro escondido de Butrint.