Mahon

Relações britânicas
A serpenteante Costa de Ses Voltes
Ciutadella: a antiga capital

Procurar cruzeiros no Mediterrâneo

Mahón/Menorca

Um centro da cidade pequeno, mas encantador

Mahón, a capital de Minorca, é provavelmente o primeiro porto de escala de um cruzeiro MSC no Mediterrâneo.

Situado nas alturas, acima do maior porto natural do Mediterrâneo, para percorrer o centro compacto da cidade a pé de uma ponta à outra não precisará de mais de dez minutos. A sua arquitectura consiste numa espécie de híbrido invulgar de mansões georgianas, reflexo da forte relação com os britânicos, e de blocos altos de apartamentos espanhóis que se impõem sobre as ruas estreitas.

Junto ao terminal de ferries, situado sob a falésia que ampara os vestígios das muralhas da cidade, uma generosa escadaria em pedra, a Costa de Ses Voltes, levá-lo-á até um conjunto de pequenas praças que constituem o coração da cidade. Na Plaça de la Constitució encontrará a principal igreja da cidade de Santa María. Fundada em 1287 por Afonso III para celebrar a reconquista da ilha, foi objecto de remodelação em várias ocasiões.

À semelhança de Mahón, Ciutadella aguarda a sua descoberta numa excursão de um cruzeiro MSC no Mediterrâneo. Situada num ponto alto acima do seu porto, apesar de apresentar condições de navegabilidade difíceis, atendendo à exiguidade de um canal que só permite a passagem de navios de carga de pequena dimensão, Ciutadella tem sido a capital da ilha ao longo de grande parte da história. As calçadas estreitas do seu centro compacto e fortificado estão repletas de palácios antigos requintados, escondidos atrás de muros altos e de um conjunto de igrejas góticas e barrocas tipicamente espanholas.

As principais praças e pontos de interesse estão muito próximos entre si, no coração ou à volta da praça principal, a Plaça d’es Born, cujo obelisco elevado no centro é uma homenagem à defesa rarefeita da cidade contra a invasão turca em 1558. A noroeste, a praça é limitada pelas muralhas íngremes do porto, e a nordeste encontra-se a enorme mansão do século XIX, Palau Torresaura.

Lugares imperdíveis em Mahon

Conheça as nossas excursões

    Espanha

    Amor à primeira vista
    Amor à primeira vista

    Caso esta seja a sua primeira visita a Espanha, tenha cuidado, pois trata-se de um país que rapidamente se torna viciante. Talvez tencione apenas fazer uma excursão durante o seu cruzeiro, um passeio a pé ou uma pausa na cidade, mas corre o risco de ser surpreendido por alguma coisa totalmente inesperada como, por exemplo, a comemoração de alguma fiesta local, ou a sublime arquitectura de Barcelona.

    Até mesmo nas estâncias balneares mediterrânicas mais turísticas da Costa del Sol encontrará um bar ou restaurante autêntico, frequentado pelos locais, e uma aldeia não muito distante, na qual uma antiga tradição tauromáquica nada depende do turismo. 


    Numa viagem a Espanha também poderá conhecer as grandes cidades do Norte, como Barcelona, que se reinventaram como destinos culturais essenciais (sendo que nem todas fecham para a "siesta" da tarde). 


    E agora que o mundo se volta para Espanha em busca de inspiração gastronómica, dado que o país tem alguns dos chefes mais aclamados e restaurantes mais inovadores do mundo, não restam dúvidas de que as coisas mudaram. Apesar da instabilidade do contexto económico actual, o país é analisado sob um prisma muito diferente face ao da geração anterior. 

    Por isso, prepare-se para ser surpreendido.