Heraklion

Vielas antigas envolventes
Muralhas venezianas colossais
O Palácio de Knossós

Procurar cruzeiros no Mediterrâneo

Heraklion/Creta

Uma vista deslumbrante

A melhor forma de chegar a Heraklion ou Iráclio é pelo mar, num navio de cruzeiro MSC. É a abordagem tradicional e continua a ser aquela que revela a cidade à sua melhor luz, com o monte Yioúhtas surgindo logo atrás, as alturas do monte Ida estendem-se para oeste e, à medida que se aproxima, a grande fortaleza que guarda a entrada do porto e as muralhas da cidade cerca e domina a zona antiga da cidade.
 
Iráclio tem fortalezas magníficas, um mercado excelente e vielas antigas envolventes para visitar ao desembarcar do seu cruzeiro MSC. É muito provável que tudo aquilo que quererá visitar se encontre na extremidade nordeste da cidade fortificada. As muralhas venezianas colossais que chegam a atingir os 15 m de espessura em determinados pontos são a prova mais palpável da história de Iráclio.

Embora a sua construção esteja incrivelmente bem preservada, o acesso é praticamente inexistente. O parque El Greco, do lado direito, à medida que se aproxima da Platía Venizélou, está apinhado de cafés e bares ao passo que, no lado oposto, à esquerda, estão alguns dos edifícios mais antigos de Heraklion, incluindo a Igreja de Áyios Títos e a Loggia Veneziana com as suas célebres arcadas, sendo que ambas foram reconstruídas na sua quase totalidade. Um pouco acima está a Igreja de São Marcos, cujos degraus estão normalmente repletos de turistas vindos da “platía” vizinha.

O sítio arqueológico de Knossós, 5 km a sul de Heraklion, numa montanha baixa e praticamente artificial foi, de longe, um dos maiores palácios minóicos, tendo prosperado ao longo de mais de três mil e quinhentos anos em plena civilização altamente sofisticada do tamanho de uma ilha. É uma excursão imperdível de qualquer cruzeiro MSC no Mediterrâneo com destino à Grécia.

Assim que entrar no Palácio de Knossós pela ala ocidental, perceberá facilmente como as lendas do labirinto cresceram à sua volta. Mesmo munido de um mapa e descrições, será muito difícil perceber onde se encontra.

Lugares imperdíveis em Heraklion

Conheça as nossas excursões

    Grécia

    Sob a protecção dos deuses
    Sob a protecção dos deuses

    Seria necessária toda uma vida a saltar de ilha em ilha para poder apreciar a totalidade das 227 ilhas gregas dispersas pelo mar Mediterrâneo.
    Com as suas águas verde-safira que banham as costas rochosas, repletas de enseadas secretas e praias de areia, as suas ilhas são a matéria dos cartazes de viagens de sonho e representam a ideia do verão grego por excelência: sol, mar e areia.

    Para qualquer pessoa que tenha uma veia cultural, um cruzeiro nas ilhas gregas será certamente inspirador. As marcas culturais são visíveis em quase todas as cidades ou aldeias e aí encontrará alguma ligação ao passado, seja um templo de Afrodite delicadamente desmoronado, um forte veneziano ameaçador ou um mosteiro bizantino empoeirado decorado com frescos requintados.
    Mas, numa viagem às ilhas gregas, a chamada para os deveres culturais nunca será muito avassaladora, pois os prazeres hedonistas do ócio e do calor – nadar em mares amenos ao entardecer, conversar e beber sob as estrelas – são tão cativantes quanto a cultura.
    A cidade globalizada e em plena expansão de Atenas é uma apresentação obrigatória e quase inevitável da Grécia: além da deslumbrante Acrópole, oferece um leque cosmopolita de diversões culturais, desde museus a concertos, lojas repletas de opções, restaurantes gastronómicos e discotecas animadas.