Thessaloniki

Edificações otomanas e casas Art Déco
Pella e os seus mosaicos de seixos
As incríveis tumbas macedônicas de Vergina

Find Mediterranean Cruises

Thessaloniki

Uma visão contemporânea da Grécia antiga

Ao desembarcar de um cruzeiro MSC em Thessaloniki, a segunda cidade mais importante da Grécia, a impressão que se tem é que a cidade está isolada do restante do país. Situada no Golfo de Thessaloník, parece estar aberta para o mundo devido à sua grande mistura étnica e ar de prosperidade geral. Há muitos vestígios romanos e as inúmeras igrejas que retratam uma verdadeira vitrine do tempo da arquitetura ortodoxa; e você poderá vislumbrar um pouco ainda da cidade antiga, seja na cidade alta murada (Ano Poli), seja da rede de ruas estreitas, nos grupos isolados de edifícios otomanos, muitos deles monumentos islâmicos, que sobreviveram milagrosamente ao incêndio de 1917.


A cidade exibe uma arquitetura moderna grega através de seus pilares Art Déco que datam desde o seu auge no século XX. Ruínas, igrejas e construções fazem de Thessaloníki um dos lugares mais procurados e mais agradáveis de se conhecer no Mediterrâneo numa  excursão da MSC Cruzeiros. Pella, a 40km a oeste de Thessaloníki, foi a capital da Macedônia e foi, também, a primeira capital da Grécia depois que Filipe II forçosamente unificou o país por volta do ano 338 a.C. Atualmente, vale a pena sair de Thessaloníki e viajar para conhecer Pella. Entre os seus principais tesouros estão inúmeros mosaicos de seixos, alguns no museu e outros no seu local original onde foram encontrados.


O sítio arqueológico de Vergina que fica a 75km de Véria, é, sem dúvida, uma das atrações turísticas mais memoráveis da Grécia. Na antiguidade existiu nesse local, uma cidade chamada Aigai, a capital real original da Macedônia, antes de ser transferida para Pella; mais tarde, tornou-se o santuário e necrópole real de Aigai, onde os reis da Macedônia eram sepultados. Do lado externo, tudo o que se vê é um pequeno morro, com claraboias e rampas longas que conduzem para o seu interior, mas já no seu subterrâneo de clima controlado, pode-se admirar as fachadas e portas dos túmulos, tudo bem iluminado e protegido por vidro. Achados arqueológicos das tumbas, o tesouro grego mais rico desde a descoberta de Micenas, estão também expostos nesse complexo.

Lugares imperdíveis em Thessaloniki

Conheça as nossas excursões

    De momento, a selecção para este porto não tem resultados. Por favor modifique filtro para descobrir a melhor forma de descobrir o destino!

Grécia

Sob a protecção dos deuses
Sob a protecção dos deuses

Seria necessária toda uma vida a saltar de ilha em ilha para poder apreciar a totalidade das 227 ilhas gregas dispersas pelo mar Mediterrâneo.
Com as suas águas verde-safira que banham as costas rochosas, repletas de enseadas secretas e praias de areia, as suas ilhas são a matéria dos cartazes de viagens de sonho e representam a ideia do verão grego por excelência: sol, mar e areia.

Para qualquer pessoa que tenha uma veia cultural, um cruzeiro nas ilhas gregas será certamente inspirador. As marcas culturais são visíveis em quase todas as cidades ou aldeias e aí encontrará alguma ligação ao passado, seja um templo de Afrodite delicadamente desmoronado, um forte veneziano ameaçador ou um mosteiro bizantino empoeirado decorado com frescos requintados.
Mas, numa viagem às ilhas gregas, a chamada para os deveres culturais nunca será muito avassaladora, pois os prazeres hedonistas do ócio e do calor – nadar em mares amenos ao entardecer, conversar e beber sob as estrelas – são tão cativantes quanto a cultura.
A cidade globalizada e em plena expansão de Atenas é uma apresentação obrigatória e quase inevitável da Grécia: além da deslumbrante Acrópole, oferece um leque cosmopolita de diversões culturais, desde museus a concertos, lojas repletas de opções, restaurantes gastronómicos e discotecas animadas.