Palermo

Uma cidade exuberante
Uma grande concentração de atracções turísticas
Uma mostra de arquitectura barroca

Procurar cruzeiros no Mediterrâneo

Palermo

Tradições, cultura e cozinha na Trinácria

Umas férias em Itália com a MSC Cruzeiros são a oportunidade perfeita para visitar a capital regional da Sicília. Apesar de ser um porto poluído, movimentado e ruidoso Palermo ainda preserva uma mostra incomparável de arte e arquitectura normandas e igrejas barrocas, a par de um labirinto de mercados e ruas medievais.

Reunindo o maior número de atracções da Sicília e o maior centro histórico de Itália, à excepção de Roma, Palermo é um porto complexo e multifacetado que facilmente pode revelar-se avassalador se tentar fazer ou ver demasiado numa única visita num cruzeiro no Mediterrâneo.

Aqui, o melhor a fazer é passear ao sabor do vento, admirando o emaranhado das diversas camadas da arquitectura em ruínas de Palermo, seguindo pelas vielas desertas para ressurgir subitamente no bulício de um mercado de rua.

Seleccione uma área (La Kalsa, ou os extensos mercados de Ballarò), e desfrute da sua excursão.

Do outro lado da Via Maqueda está a Piazza Pretoria, iluminada à noite para destacar as figuras nuas da sua majestosa fonte central, com o seu design florentino intrépido do século XVI. Na piazza também encontrará o edifício da câmara, e acima da praça e da fonte ergue-se a imponente e majestosa Igreja de Santa Caterina, representando o estilo siciliano barroco na sua maior exuberância. Cada centímetro do seu interior está adornado com relevos decorativos extravagantes.

Na parte sul da ilha, cerca de dois quilómetros para sul da moderna Agrigento, enfileirada ao longo da cordilheira de frente para o mar, surge uma série de templos dóricos que constituem um conjunto único e o mais interessante das ruínas greco-sicilianas fora da Grécia. Os colonizadores gregos cercaram-na com uma muralha imponente, formada em parte por uma montanha mais alta, na qual ficava a acrópole. O limite sul da antiga cidade era uma segunda montanha, mais baixa e, no século V a.C., foi ali, no “Valle dei Templi”, que os arquitectos da cidade ergueram os seus edifícios sagrados.

Lugares imperdíveis em Palermo

Conheça as nossas excursões

    COMO CHEGAR AO PORTO

    Porto de Palermo

    Esta seção contém informações sobre como chegar até o porto.

    Terminal de Cruzeiros

    Stazione Maritima - Doca Vittorio Veneto

    Chegar ao porto de

    • Carro

      Vindo pela rodovia A19 (Messina), pegar última saída e seguir as placas indicando Porto de Palermo.
      Carro

      Informação sobre estacionamento

      ESTACIONAMENTO DOCA SANTA LUCIA
       
      • Serviço de manobrista 
      • Dirija-se até a área de entrega de bagagem no Terminal de Cruzeiros onde você encontrará a equipe do estacionamento.
      Adicione ao seu cruzeiro

      park_and_cruise_logo

      VEÍCULO DIAS TAXAS
      Carro 8 € 75,00
      SUV 8 € 75,00
      Mini van 8 € 75,00
    • Trem

      Estação Central de Palermo
      Há um serviço de taxi da empresa Trinacria Service que o levará até o porto em apenas 10 minutos, dependendo do trânsito.
      Trem
    • Avião

      Do Aeroporto Falcone-Borsellino de Palermo é fácil chegar ao porto de taxi (Trinacria Service apenas 40) ou de ônibus (Prestià e Comandè Service).
      Avião

    Itália

    História, gastronomia e moda
    História, gastronomia e moda

    Um cruzeiro até Itália é uma montanha russa emocional. Roma é uma cidade formidável e muito diferente de todas as outras e, em termos de atracções históricas, de certa forma, supera qualquer outro lugar no país.
     
    A Ligúria, a pequena província litoral ao longo da costa noroeste, é conhecida há muito tempo como “A Riviera Italiana ”, pelo que costuma ser invadida por amantes do sol a maior parte do Verão.
    A principal atracção do Vêneto é, evidentemente, Veneza: uma cidade única, sendo que cada fragmento desta cidade é tão encantador quanto a sua reputação possa sugerir. A Toscana, no centro de Itália, representa talvez a imagem mais conotada do país, com as suas paisagens rurais ondulantes e as cidades de Florença e Pisa, repletas de arte.

    O Sul, por sua vez, começa na região de Campânia. A sua capital, Nápoles, é uma cidade única e inesquecível, o coração espiritual do Sul de Itália. A Apúlia, o “salto da bota” de Itália, também apresenta prazeres subestimados, nomeadamente a paisagem da sua península de Gargano e a veia comercial, com os grandes mercados da sua capital, Bari.

    No que diz respeito à Sicília, a ilha é realmente um lugar à parte, com um leque variadado de atracções que se estendem desde alguns dos tesouros helenísticos mais bem conservados da Europa até algumas das estâncias balneares mais cativantes do Mediterrâneo, em Taormina e Cefalù, sem contar com os lindos cenários dos planaltos.