Casablanca

O passado e o presente de Marrocos 
Edifícios mouriscos e art déco
A Mesquita Hassan II

Procurar cruzeiros no Mediterrâneo

Casablanca/Marraquexe

Uma cidade galardoada com um Óscar

A maior cidade de Marrocos e a sua capital comercial, Casablanca (Dar el Baïda, em árabe) é o maior porto do Magrebe, sendo mais movimentado do que o porto de Marselha, no qual os franceses se basearam.

 
A principal atracção de Casablanca e uma paragem incontornável de qualquer cruzeiro no Mediterrâneo é a Mesquita Hassan II. Além de possuir também o único museu judeu do mundo muçulmano, o verdadeiro ex-líbris da cidade continua a ser a arquitectura mourisca e art déco construída durante o período colonial. No seu cruzeiro no mar Mediterrâneo com a MSC Cruzeiros, Casablanca, um pouco acima de Gibraltar, poderá parecer-lhe um lugar desconcertante à chegada, mas assim que chegar ao centro, tornar-se-á mais fácil orientar-se.

A cidade gira em torno de uma enorme praça pública, a Place Mohammed V, e a maioria dos alojamentos, cafés, restaurantes e atracções estão situados nas avenidas que ali se cruzam ou que a circundam. Alguns quarteirões para norte, ainda rodeada parcialmente por muralhas, está a Velha Medina que era tudo o que havia de Casablanca até aproximadamente 1907.
 
A ocidente tanto do porto quanto da zona central de Casablanca, a Velha Medina remonta maioritariamente ao século XIX. Embora não goze de uma reputação imaculada, a Medina não é um local assustador e pode ser uma boa opção para fazer refeições acessíveis e fazer as suas compras numa excursão de um cruzeiro MSC no Mediterrâneo. O Sqala, um baluarte do século XVIII, foi restaurado com alguns canhões antigos e actualmente inclui um café-restaurante sofisticado. Elevada numa plataforma rochosa retirada do oceano, a Mesquita Hassan II foi projectada pelo arquitecto francês Michel Pinseau e está a aberta a não muçulmanos com visitas guiadas de uma hora que também incluem o enorme e elaborado hammam (estabelecimento para banhos) na cave.

Lugares imperdíveis em Casablanca

Conheça as nossas excursões

    Marrocos

    Tradições e turismo
    Tradições e turismo

    Um cruzeiro a Marrocos é uma experiência imediatamente deslumbrante e inesquecível. Embora se situe a apenas duas horas de distância de Espanha pelo mar, parece um mundo muito longínquo da Europa, com uma cultura – islâmica e profundamente tradicional – que é quase estranha.

    Não obstante os anos de domínio colonial francês e espanhol e a existência das cidades cosmopolitas, como Rabat e Casablanca, o passado mais remoto ainda se faz sentir constantemente em todo o país. A vida em Fez, que é provavelmente a cidade mais árabe de todas, ainda continua a inspirar-se nos tempos medievais, quando um reino marroquino se estendia desde o Senegal até ao Norte de Espanha, ao passo que nas Montanhas Atlas e na região do Rife ainda é possível traçar os mapas tribais do povo berbere.

    E como pano de fundo está a beleza incontestável do país: desde a costa mediterrânica (que conhecerá durante o seu cruzeiro MSC a Marrocos), às quatro cordilheiras e às areias desertas e à vegetação rasteira do Sara.

    Para desfrutar da costa recomenda-se Tânger, Arzila e Larache, no Norte, e El Jadida e Essaouira, no Sul. No interior, onde reside o verdadeiro interesse do país, estão as cidades extraordinárias de Fez e Marraquexe. Estas grandes capitais imperiais das várias dinastias do país são quase únicas no mundo árabe pela oportunidade que oferecem de testemunhar uma vida de cidade que continua a ser predominantemente medieval, tanto a nível de costumes quanto de aparência.