Tânger

Um caos maravilhoso
Os souks tradicionais
O Grand Socco

Procurar cruzeiros no Mediterrâneo

Tânger/Tetuão

O aroma das especiarias e os sabores da tagine

Graças à sua localização estratégica Tânger é muito procurada desde a antiguidade. O traçado da Medina de Tânger, à semelhança das restantes de Marrocos, não foi projectado antecipadamente. Por conseguinte, um labirinto de ruas e praças pequenas foi surgindo, em função das necessidades, dando origem aos diversos bairros que existem actualmente.

O Grand Socco oferece a abordagem mais directa à Medina, um espaço aberto agradável que poderá apreciar numa excursão de um cruzeiro MSC no Mediterrâneo. O arco da esquina norte da praça abre-se para a Rue d’Italie, que mais adiante dá lugar à Rue de la Kasbah, a entrada norte do bairro kasbah. No lado direito da praça uma abertura dá acesso à Rue es Siaghin, onde se encontra a maioria dos souks (mercados) e, no fim encontrará o Petit Socco (pequena praça), a praça principal da Medina.

Desfrute das suas férias num cruzeiro em Tânger. Suba as escadas americanas a oeste do porto, onde o seu navio de cruzeiro MSC aguardará o seu regresso, e depois siga pela Avenida Mohammed VI, passando pela Grande Mesquita, e a Rue des Postes (Rue Mokhtar Ahardane) levá-lo-á até ao Petit Socco. A Rue es Siaghin (rua dos ourives) liga o Grand Socco ao Petit Socco tendo sido também a principal via pública de Tânger até à década de 1930. Muitos dos seus edifícios foram construídos pelos europeus em finais de 1800, pelo que as suas janelas e varandas estão voltadas para a rua, ao contrário do que é habitual na arquitectura voltada para o interior da Medina.

À luz actual, o Petit Socco é uma praça que parece muito pequena para já ter sido um dos principais mercados, embora no século XIX tivesse quase o dobro do tamanho actual, sendo que os hotéis e cafés só foram construídos no início do século XX . Até à década de 1930, altura em que o centro das atenções se voltou para a Ville Nouvelle, este era o verdadeiro núcleo de Tânger, pelo que ali se reunia diariamente gente de todas as culturas.

Lugares imperdíveis no Tânger

Conheça as nossas excursões

Nenhum resultado encontrado

    De momento, a selecção para este porto não tem resultados. Por favor modifique filtro para descobrir a melhor forma de descobrir o destino!

Marrocos

Tradições e turismo
Tradições e turismo

Um cruzeiro a Marrocos é uma experiência imediatamente deslumbrante e inesquecível. Embora se situe a apenas duas horas de distância de Espanha pelo mar, parece um mundo muito longínquo da Europa, com uma cultura – islâmica e profundamente tradicional – que é quase estranha.

Não obstante os anos de domínio colonial francês e espanhol e a existência das cidades cosmopolitas, como Rabat e Casablanca, o passado mais remoto ainda se faz sentir constantemente em todo o país. A vida em Fez, que é provavelmente a cidade mais árabe de todas, ainda continua a inspirar-se nos tempos medievais, quando um reino marroquino se estendia desde o Senegal até ao Norte de Espanha, ao passo que nas Montanhas Atlas e na região do Rife ainda é possível traçar os mapas tribais do povo berbere.

E como pano de fundo está a beleza incontestável do país: desde a costa mediterrânica (que conhecerá durante o seu cruzeiro MSC a Marrocos), às quatro cordilheiras e às areias desertas e à vegetação rasteira do Sara.

Para desfrutar da costa recomenda-se Tânger, Arzila e Larache, no Norte, e El Jadida e Essaouira, no Sul. No interior, onde reside o verdadeiro interesse do país, estão as cidades extraordinárias de Fez e Marraquexe. Estas grandes capitais imperiais das várias dinastias do país são quase únicas no mundo árabe pela oportunidade que oferecem de testemunhar uma vida de cidade que continua a ser predominantemente medieval, tanto a nível de costumes quanto de aparência.