Tunes

A “Portofino” tunisina
Os vestígios majestosos da antiga cidade de Cartago
O Museu Nacional do Bardo

Procurar cruzeiros no Mediterrâneo

Túnis/La Goutelle

Um centro de beleza de tirar o fôlego, considerado patrimônio mundial pela UNESCO

O valor agregado de uma viagem em Túnis, com um cruzeiro pelo Mediterrâneo MSC, é que em um trecho de apenas alguns quilômetros podem ser admirados lugares lindos que datam do período pré-histórico até hoje.


Uma excursão do porto de atracagem – La Goulette – até os restos da antiga Cartago, um patrimônio mundial da UNESCO desde 1979, o levará até o coração de um dos mais dinâmicos e importantes centros do Mediterrâneo. Em Cartago é possível admirar os Banhos Romanos de Antonino, construídos no século II D.c., o anfiteatro de mesmo nome, que comporta até 5.000 espectadores e uma pequena necrópole Púnica. Durante seu cruzeiro, você também não pode deixar de fazer uma visita ao Museu Nacional de Cartago, um dos dois museus arqueológicos da Tunísia, de onde pode-se apreciar uma esplêndida vista do porto de La Goulette.

As excursões de cruzeiro MSC continuam ao longo da costa até Sidi Bou Said, “Portofino” da Tunísia, construída pelos árabes andaluzes que fugiam da Espanha, e que se tornou uma estância de férias desde o século XVIII. As alturas das falésias dominam a Baía de Túnis com suas cores únicas: o branco brilhante das paredes, o azul intenso das portas e janelas, a cor quente de areia das ruas pavimentadas e o explosivo fúcsia das flores buganvílias. Outra visita imperdível é o Museu Nacional Bardo, localizado no palácio Hafsid, construído no século XIII.

Reserve algum tempo para passear pela Tunísia com uma alternativa para Sidi Bou Said, antes de voltar ao seu navio de cruzeiro: o mercado central, não muito distante de Medina, a antiga cidade, é um típico mercado souk das cidades do Oriente Médio, oferecendo aos turistas uma variedade de lojas que vendem tecidos, roupas, condimentos e artesanato. Assim, como em qualquer mercado deste tipo, uma venda só é feita após pechinchar, já avisando os viajantes!

Lugares imperdíveis em Túnis

Conheça as nossas excursões

    Tunísia

    No encalço dos romanos da Antiguidade
    No encalço dos romanos da Antiguidade

    Já há milénios que a Tunísia atrai o interesse de aventureiros de todo o mundo. Ao longo do tempo, os berberes nativos assistiram a inúmeros desfiles de civilizações e colonizadores.

    Os fenícios construíram Cartago, os romanos destruíram-na e substituíram-na e trouxeram estradas, templos, olivais e um anfiteatro impressionante


    Posteriormente, com os árabes e os turcos otomanos veio o islamismo e a arquitectura islâmica e, com os franceses, uma nova língua e uma administração colonial. 

    Presentemente, os turistas europeus ávidos de sol vão e vêm durante todo o ano, atraídos pelas praias mediterrânicas que ainda não estão excessivamente desenvolvidas. 


    No seu cruzeiro à Tunísia, descobrirá  ruínas romanas e fenícias declaradas Património da Humanidade, mesquitas encantadoras, souks apinhados e curiosidades arquitectónicas enigmáticas, como as ghorfas (silos construídos com lama de diversos andares, que se assemelham a casas de criaturas lendárias) e os refúgios subterrâneos dos berberes. 


    Alguns destes locais oferecem cenários impressionantes para os festivais anuais de música e teatro. No sul, poderá sentir nitidamente o Saara, vendo os camelos percorrer as dunas onduladas e os guias turísticos ávidos a acompanhar os aficionados do cinema aos vestígios arenosos dos cenários da Guerra das Estrelas. Na verdade, uma viagem à Tunísia é perfeita para os amantes de cinema: as suas paisagens desérticas e as fortalezas costeiras deslumbrantes também foram palco das filmagens de êxitos, como O Paciente InglêsOs Caçadores da Arca Perdida e a A Vida de Brian, dos Monty Python.