Le Havre

Igreja de São José 
O Vulcão: A Casa da Cultura de Le Havre 
Rouen, uma das cidades mais antigas da França

Procurar cruzeiros no Norte da Europa

Le Havre/Paris

Um deslumbrante exemplo de arquitetura contemporânea

Conforme você navega em seu cruzeiro MSC para a França, você chegará a Le Havre, o segundo maior porto do país, que ocupa metade do estuário de Seine. No entanto, a própria cidade, lar de quase 200.000 pessoas, é um lugar de peregrinação para fãs da arquitetura contemporânea.
Le Havre – “O Porto” – é o principal local de comércio do norte da França e um ponto de parada para nossos cruzeiros no Norte da Europa. Depois de ser quase destruído durante a Segunda Guerra Mundial, Le Havre foi reconstruído por um único arquiteto, Auguste Perret, entre 1946 e 1964.

O absoluto sentido de espaço pode ser hilariante: os monumentos expostos têm uma autoconfiança vencedora e as poucas relíquias sobreviventes da antiga cidade foram sensivelmente integradas ao todo. Os visitantes que não concordam com a idea do famoso Perret de que o “concreto é lindo” podem desfrutar de um passeio por sua cidade. Uma excursão em seu cruzeiro MSC pelo norte da Europa também pode ser uma boa oportunidade para descobrir Rouen, a capital da Alta Normandia, uma das cidades mais antigas da França.

No lugar de Rotomagus, construído pelos romanos na parte mais baixa onde eles poderiam construir uma ponte sobre o Sena, ele foi colocado por Rollo, o primeiro duque da Normandia, em 911. Capturado pelos ingleses em 1419, foi o palco em 1431 para o julgamento e execução de Joana D’Arc, antes de retornar ao controle francês em 1449.

Rouen hoje pode ser muito sedutora, seu animado e movimentado centro é bem equipado com impressionantes igrejas e museus. O norte do Sena é, de qualquer forma, um verdadeiro prazer a ser explorado. Assim como algumas ótimas atrações - A Catedral de Notre-Dame, todas as deliciosas ruas sinuosas cheias de casas de madeira – existe também muita história, principalmente as ligações com Joana D’Arc.

Lugares imperdíveis em Le Havre

Conheça as nossas excursões

    CHEGAR AO PORTO

    O porto de Le Havre

    Esta seção contém informações sobre como chegar até o porto.

    Terminal de Cruzeiros:

    Quai Roger Meunier 
    76059 Le Havre

    Chegar ao porto de

    • Carro

      Ao chegar ao centro da cidade de Le Havre, vá em direção ao porto e então siga as placas verdes: “LD FERRIES” ou “CAR FERRIES”.
      Do Centro de Comércio Internacional, siga “Terminal Croisière”.
      Carro
    • Trem

      Para chegar na estação de trens de Le Havre, você pode pegar um Intercités ou TER de Paris (estação Gare Saint-Lazare). Trens de alta velocidade (TGV) de/para Marselha e Lion. 
      Da estação de trem de Le Havre, é fácil chegar ao porto de taxi. Você também pode andar para o terminal de cruzeiros (entre 10 a 15 minutos).
      Trem

    França

    A brisa do Atlântico
    A brisa do Atlântico

    Ambas genuinamente francesas e, ainda sim, ciosas da sua identidade própria e única, a Bretanha e a Normandia estão entre as regiões mais intrigantes e idiossincráticas de França.


    Os visitantes têm a possibilidade de descobrir apenas uma ou ambas as regiões num cruzeiro MSC no Norte da Europa, que oferece uma oportunidade maravilhosa de conhecer o melhor que o país tem para oferecer: praias de areia branca protegidas e costas escarpadas selvagens, fortalezas medievais majestosas e megalitos misteriosos, catedrais góticas harmoniosas e arquitectura contemporânea de cortar a respiração, urzais repletos de flores silvestres e florestas densas antigas. Na verdade, talvez o melhor de tudo seja a cozinha apelativa e exuberante, desde a extravagâncias de marisco, nos infindáveis portos pequenos, até aos queijos ricos e picantes da Normandia rural.

    Um cruzeiro até à Normandia conduzi-lo-á aos enormes portos de preciosos de: Rouen, Dieppe, Cherburgo e Le Havre. O interior consiste numa maravilhosa faixa de pastagens férteis e tranquilas, sendo que a maioria dos visitantes ruma directamente para os restaurantes do Pays d’Auge e da Suíça Normanda. Embora os prazeres da Normandia possam não ser tão intensos quanto os da Bretanha, a região tem o seu quinhão de praias, que oscilam desde a praia de seixos da encantadora Étretat até às enormes faixas de areia que se alinham ao largo da península ocidental do Cotentin.