Longyearbyen

A envolvente Ciudad Vieja
Minas de carvão abandonadas e ursos polares
O museu de Svalbard

Procurar cruzeiros no Norte da Europa

Longyearbyen/Spitsbergen

Uma aldeia longínqua e acolhedora

As ilhas Svalbard formam a província mais distante do Norte da Europa. Por conseguinte, ao chegar a Longyearbyen num cruzeiro MSC está a chegar à cidade mais setentrional do mundo.

Pequena, mas vital, a cidade oferece colecções de mapas antigos interessantes e livros sobre Svalbard na galeria da cidade, bem como slides do fotógrafo e compositor Thomas Widerberg e uma exposição de pinturas de Kåre Tveter. Longyearbyen foi fundada para fins de extracção mineira, atendendo à abundância de carvão na região, pelo que se encontram minas de carvãoabandonadas um pouco por toda a parte.

Os pilares que suportam o funicular também são vestígios e fazem parte da cultura local que continua a enfatizar os métodos locais de extracção de carvão. O museu de Svalbard apresenta um panorama desta actividade, bem como exemplos da flora e da fauna locais, além de ilustrar os métodos de caça usados nas ilhas, nas quais o homem tinha de enfrentar o urso polar, o rei dessas terras, que ainda habita a região selvagem (todas as excursões à região devem cumprir as instruções de segurança locais).

Uma característica curiosa desta localidade remota é o Silo Global de Sementes de Svalbard, um silo subterrâneo anti-nuclear, onde são conservadas todas as sementes do mundo conhecidas e classificadas. Em Longyearbyen, são muitos os lugares onde pode desfrutar de uma bebida descontraída, mas se procura uma experiência única, sugerimos uma refeição numa das estalagens para caçadores. A sua única dificuldade residirá na necessidade de escolher entre a oferta de excursões existentes.

Pode optar por ir à procura de aves marinhas, vaguear pelos fiordes num caiaque em busca de focas, ou até fazer um passeio num trenó puxado por cães, na neve ou motorizado. Em alternativa, poderá seguir pelos cominhos em direcção ao pico do monte Sarkofagen, do qual poderá admirar uma vista majestosa de Longyearbyen e do seu fiorde.

Lugares imperdíveis em Longyearbyen

Conheça as nossas excursões

    Noruega

    A magia da aurora boreal
    A magia da aurora boreal

    Umas férias na Noruega são um sonho. Um sonho que se concretiza ao largo de um fiorde, a mais sugestiva e característica formação natural desta terra.

    Além do fiorde de Geiranger e do fiorde de Nærøy que foram declarados dos Património da Humanidade pela UNESCO, importa referir também o maior de todos os fiordes, o fiorde de Sogn, de 204 km de comprimento, bem como o fiorde de Hardanger, onde as flores das cerejeiras e macieiras salpicam a falésia durante a Primavera.

    Mas ao fazer um cruzeiro MSC no Norte da Europa também pode testemunhar a beleza espectacular da aurora boreal, ao passo que aqueles que viajam no Verão podem admirar o incrível Sol da meia-noite, a norte do Círculo Polar Árctico. Um cruzeiro até à Noruega também significa descobrir a cultura de dois povos antigos: os Vikings, que não eram apenas piratas e guerreiros, mas também comerciantes, exploradores e colonizadores e que, por mais de trezentos anos, até ao século XI, governaram a Escandinávia e o Atlântico Norte; e, posteriormente, os Samis, o povo nativo destas terras, vestindo trajes variegados, com as suas imensas manadas de renas, que viveram no Norte profundo ao longo de mais de 10.000 anos.

    Finalmente, cuidado com os tróis! Muitos dos lugares que visitar receberam os seus nomes destas criaturas lendárias: Trollheimen, Trollstigen (com a espectacular Estrada do Trol), Trollhatten e Trollveggen.