Ilha de Moçambique

A cidade de pedra
A cidade de Macuti
Praias da areia mais branca  

Procurar cruzeiros no Sul de África

Ilha de Moçambique/Nampula

Uma jóia em pleno oceano

Numa viagem a Moçambique com um cruzeiro MSC no Sul de África desembarcará na Ilha de Moçambique, um pedacinho de terra rodeado por águas cristalinas e ligado ao país com o mesmo nome por uma ponte estreita, com pouco mais de 3 quilómetros de extensão. É a esta cidade, a primeira capital do país africano, que Moçambique deve o seu nome.


É impensável perder a oportunidade de visitar esta antiquíssima colónia europeia. Num cruzeiro à Ilha de Moçambique com a MSC Cruzeiros poderá conhecer uma pérola em pleno oceano, declarada Património da Humanidade pela UNESCO em 1991. A ilha é uma aliança de culturas e tradições suspensas entre a África Negra, o Ocidente e o Oriente. Foi colonizada pelos portugueses que chegaram com o navegador e explorador Vasco da Gama. E, numa excursão de um cruzeiro MSC no Sul de África, ainda é possível sentir claramente a sua passagem: a cidade de pedra com os seus edifícios históricos coloridos, o palácio construído pelos jesuítas e a Capela de São Paulo, presentemente um museu, as igrejas da Misericórdia e de Santo António e a Capela de Nossa Senhora do Baluarte.

Estes sítios, bem como os locais de culto islâmicos e hindus representados pelas sete mesquitas e um templo hindu, contrastam vivamente com a cidade de Macuti, onde é possível respirar África nos seus mercados ao ar livre e nas suas cubatas. Graças ao seu tamanho reduzido – cerca de 3 quilómetros de comprimento e 500 metros de largura – não necessitará de muito tempo para explorar todos os cantos da ilha. Será um prazer explorar o labirinto de pequenas ruas e becos do centro da cidade; aproveitar o panorama de tirar o fôlego, céu e mar fundindo-se num só, descontrair nas praias da areia mais branca, descobrir os destinos de férias na praia e deixar-se contagiar pelos aromas da cozinha local.

Uma cozinha que se baseia essencialmente no peixe e nos frutos tropicais para preparar as receitas locais com tradições e aromas evocativos da cozinha portuguesa.  

Lugares imperdíveis na Ilha de Moçambique

Conheça as nossas excursões

    De momento, a selecção para este porto não tem resultados. Por favor modifique filtro para descobrir a melhor forma de descobrir o destino!

Moçambique

Descansar à sombra de um embondeiro
Descansar à sombra de um embondeiro

Numa viagem a Moçambique ficará a conhecer uma África autêntica que, para além disso, ainda revela uma grande influência portuguesa.

Trata-se de uma terra que pode variar drasticamente em apenas alguns quilómetros, desde as suas areias brancas com a barreira de corais do oceano Índico aos planaltos e montanhas que quase alcançam os 3.000 metros, passando pelo lendário Vale do Rift, o berço da humanidade, no centro do país.

O seu povo é alegre e acolhedor. O território é partilhado por cidades e aldeias coloniais, cubatas, embondeiros (baobás), mangais, arquipélagos intactos e reservas naturais extraordinárias. Tendo pertencido aos portugueses no passado, num cruzeiro a Moçambique deixar-se-á encantar pelas suas cidades coloniais onde palácios, fortalezas e igrejas atestam um grande passado e fundem, hoje, as influências africanas, árabes e indianas.

Aqueles que chegam pelo mar ficam surpreendidos com os 3.000 km de costa, que incluem algumas das praias mais encantadoras de África. É o retrato de uma viagem tropical por excelência: areias brancas, águas cristalinas e coqueiros, ondulando suavemente ao sabor da brisa. Também existem algumas ilhas para explorar, autênticas pérolas como Bazaruto, Benguerra, Magaruque, Santa Carolina ou Inhaca. Lugares onde os apaixonados por mergulho encontrarão muito para ver e fazer. Há ainda excursões interessantes para admirar a vida marinha: golfinhos, baleias-de-bossa, dugongos (vacas-marinhas), tartarugas-verdes e tartarugas-comuns.