Mumbai

O Portal da Índia
O Chhatrapati Shivaji Terminus
O Museu do Príncipe de Gales

Procurar MSC Grand Voyages

Mumbai/Bombaim

A antiga Bombaim

Nenhum lugar reforça sua sensação de ter chegado a Mumbai, com um navio de cruzeiro MSC Grand Voyages, tão bem quanto o Portal da Índia, o marco que define a cidade.
 
A apenas cinco minutos de caminhada no sentido norte, o Museu do Príncipe de Gales deve ser o próximo item de sua lista de passeios turísticos prioritários durante seu cruzeiro para Mumbai, assim como sua eclética arquitetura extravagante e os tesouros artísticos dentro dele.

O museu oferece um exemplo do que está por vir, onde a nata da Bombaim de Bartle Frere – a Universidade e o Supremo Tribunal – se alinham com as maidans abertas de um lado, e os boulevards de Fort do outro. Mas para entender melhor por que os pais fundadores da cidade a declararam Urbs Prima in Indis, você deve seguir mais para o norte para visitar o Chhatrapati Shivaji Terminus (CST), o ponto mais alto da arquitetura Raj da Índia.

Além do CST ficam os lotados bazares e os bairros muçulmanos de central Mumbai, animados e coloridos ao redor do Crawford Market e da Mohammed Ali Road. Entre as possibilidades de uma excursão MSC está uma viagem a Elephanta, uma caverna em uma ilha no porto de Mumbai que contém uma grande quantidade de arte antiga. Outra grande excursão é o Portal da Índia. Comemorando a visita do Rei Jorge V e da Rainha Maria em 1911, o Arco do Triunfo da cor de mel da Índia, O Portal da Índia, é o principal monumento de Colaba e o mais icônico marco de Mumbai na imaginação indiana.

O Museu do Príncipe de Gales da Índia Ocidental mencionado acima está entre as construções mais distintas da era Raj. Ele se ergue grandiosamente em seus próprios jardins fora da MG Road, coroado por uma cúpula no estilo Mughal branca e imensa, debaixo da qual está disposta em três andares uma das melhores coleções de pinturas e esculturas da Índia.

Lugares imperdíveis em Mumbai

Conheça as nossas excursões

    Índia

    Cores, sabores e aromas
    Cores, sabores e aromas

    Numa viagem à Índia não está a visitar apenas um país, mas um continente. Estendendo-se desde os cumes gelados dos Himalaias até à vegetação tropical de Kerala, as suas extensas fronteiras abrangem um enorme leque de paisagens, culturas e povos.

    Ao passear pelas ruas de qualquer cidade indiana caminhará a par de representantes de várias das principais religiões do mundo, uma multitude de gente pertencente a castas e de gente sem casta, peles claras, panjabis de turbante e tâmules de pele mais escura.
    Num cruzeiro MSC Grand Voyages à Índia, também conhecerá rituais de templos que existem desde a era dos faraós egípcios, mesquitas com as suas cúpulas em forma de cebola erguidas séculos antes de o Taj Mahal sequer ter sido sonhado, e ressonâncias peculiares da Índia britânica em quase todas as esquinas..

    O circuito mais percorrido do país, que associa monumentos extraordinários à paisagem plana e fértil, considerada por muitos tipicamente indiana, é o chamado Triângulo Dourado, no Norte: Deli, a capital colonial, Agra, onde se encontra o Taj Mahal e a Cidade Rosa de Jaipur, no Rajastão.
    O Rajastão é provavelmente o Estado mais popular entre os viajantes, atraídos pelo seu cenário desértico, os seus fortes medievais imponentes e os palácios de Jaisalmer, Jodhpur, Udaipur e Bundi e pelos trajes tradicionais coloridos.