GESTÃO AMBIENTAL

 
A MSC Cruzeiros vem de uma linhagem de comandantes e proprietários de navios que desempenharam sempre um importantíssimo papel na história da navegação e marinhagem.
A nossa família iniciou esta viagem por mar no ano de 1675 e, desde então, não parámos de explorar. 
 
Os oceanos e os mares foram sempre a essência da MSC Cruzeiros e sentimos uma profunda responsabilidade em preservá-los e protegê-los. Mais do que tudo o resto, preocupamo-nos com o ambiente em que operamos, com os Viajantes que navegam connosco, com as pessoas que trabalham connosco, com as cidades onde aportamos e com as comunidades que visitamos.

MSC CRUZEIROS TORNA-SE A PRIMEIRA COMPANHIA GLOBAL DE CRUZEIROS DO MUNDO COM OPERAÇÕES MARÍTIMAS NEUTRAS EM CARBONO

 
Para levar o impacto ambiental de toda a nossa frota a zero, a MSC Cruzeiros vai tornar-se neutral em carbono, anulando todas as emissões de CO2 de toda a frota até 2022. 

A tecnologia utilizada actualmente em navios produz, inevitavelmente, emissões de CO2. A MSC está empenhada em reduzir estas e outras emissões à medida que a tecnologia avance, com o objectivo final de emissões zero. Investimos e trabalhamos com estaleiros e institutos de pesquisa para atingir este objectivo mas, entretanto, anularemos todas as emissões de CO2 da nossa frota.  

A MSC Cruzeiros irá anular as emissões directamente e em prol dos seus hóspedes através de um conjunto de projectos, incluindo uma crescente anulação de carbono azul.

A MSC Cruzeiros provirá reservas de carbono azul existente enquanto trabalha para desenvolver projectos adicionais que são gerados nos oceanos e melhoram a biodiversidade marinha e apoiam comunidades locais que dependem do mar.

A MSC Cruzeiros formará parcerias com fornecedores internacionais de topo, procurará assegurar projectos do mais alto nível de integridade e investirá em projectos que fornecem benefícios quantificáveis às comunidades, protegem o ambiente e apoiam os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU. 

Tudo isto enquanto continuamos a aplicar em todos os novos navios (e já existentes) as últimas e melhores tecnologias ambientais marítimas. E investimos cada vez mais no apoio ao desenvolvimento de tecnologias de próxima geração para operações com carbono-zero.

Estamos a melhorar a qualidade do ar a partir das emissões dos navios

A MSC Cruzeiros está a levar a cabo consideráveis investimentos para melhorar a qualidade do ar. Como parte de uma maior abordagem para limitar emissões de enxofre e outras nos portos e áreas específicas onde operamos, estamos a dar vários passos para melhorar o nosso desempenho.

Todos os nossos navios recém-construídos ou estão equipados com Sistemas de Limpeza de Gases nos Escapes (EGCS - Exhaust Gas Cleaning Systems) híbridos ou serão movidos a LNG. Para os navios mais antigos da nossa frota, temos um programa robusto de renovação focado em equipá-los com tecnologia EGCS híbrida. 
 
A MSC Cruzeiros está a fazer investimentos significativos para melhorar a qualidade do ar. Como parte de uma maior abordagem para limitar as emissões sulfurosas (enxofre) e outras nos portos e áreas específicas onde operamos, estamos a dar vários passos para optimizar a nossa performance.
 
Os nossos sistemas híbridos EGCS podem operar num ciclo aberto ou fechado e atingir um nível de redução de emissões muito mais alto do que se utilizando um combustível com níveis de enxofre ultra-baixos para obedecer às regulamentações internacionais.
 
Nos casos em que não usamos EGCS, usamos combustíveis com níveis de enxofre ultra-baixos em todos os portos da Europa e enquanto navegamos por localizações sensíveis.
 
No final de 2019: 
- 11 dos 17 Navios da MSC estarão equipados com sistemas de limpeza de gases de escape
- 74% da totalidade dos nossos Viajantes estarão cobertos pela tecnologia de limpeza de gases de escape

Como melhorar a qualidade do ar com as emissões dos navios

Articles[0].Title

O que é o Exhaust Gas Cleaning System (EGCS)?
Um EGCS quase literalmente ‘limpa’ os gases de escape, removendo activamente partículas e certas emissões do sistema de escape. O sistema consiste em diversos componentes, os mais importantes agindo como uma rede de chuveiros que ‘lavam’ os gases de escape, removendo até 97% do dióxido de enxofre e reduzindo grandemente matéria particulada. Os nossos navios mais modernos MSC Bellissima, MSC Seaview, MSC Seaside e MSC Meraviglia, foram todos entregues com estes sistemas instalados.
 
Energia da Costa ao Navio
Para ajudar a reduzir as emissões enquanto o navio está atracado, os nossos últimos navios foram equipados com baterias "shore-to-ship". Autoridades portuárias de todo o mundo estão cada vez mais a considerar esta hipótese e consideramos que esta será outra tecnologia que potencia a redução das emissões nas zonas portuárias. Todos os nossos navios de cruzeiro que entraram ao serviço depois de 2017 já estão preparados para receber energia do porto. Para além disso, estamos preparados para reequipar todos os outros navios se este sistema estiver globalmente disponível, o que esperamos que venha a acontecer em breve.

Eficiência Energética e design avançado

Eficiência Energética e design avançado
Eficiência Energética e design avançado

Da primeira linha que desenhamos em papel, quando concebemos um novo navio, à última lâmpada que instalamos, a eficiência energética é sempre o primeiro elemento que temos em consideração. 

Temos uma das mais modernas frotas nos mares e desenvolvemos, de raiz, seis classes de navio distintas. Cada uma delas eleva o nível de excelência do navio anterior. 


Quando construímos novos navios, não optamos por cópias exactas dos navios anteriores. Em cada nova classe de navio, revemos o desenho de cada um para atingirmos a eficiência total. Repensamos a estrutura, o espaço dos decks, a distribuição do peso, incluindo o casco, o leme e o bolbo da proa para atingir a hidrodinâmica perfeita, a aerodinâmica, a maximização energética e a eficiência no consumo de combustível.


O MSC Meraviglia transporta 20% mais Viajantes que os navios da nossa Classe Fantasia mas necessita, para isso, da mesma quantidade de energia.

Tecnologia de poupança de energia a bordo

Articles[0].Title

Tecnologia de poupança de energia a bordo

Software de Planeamento de Viagem 
Um itinerário optimizado implica um reduzido consumo de energia. Planeamos os nossos itinerários com toda a eficiência e utilizamos um software especializado por forma a optimizar as rotas de navegação e horas de chegada aos portos.
 
Optimização do Revestimento
Optimizar o revestimento requer um reajustamento constante. Os nossos navios estão equipados com uma aplicação que monitoriza e optimiza o revestimento em tempo real. Esta tecnologia ajuda os oficiais do navio a manter o revestimento dos navios optimizado para reduzir o consumo de combustível e melhorar o desempenho.

Tinta anti-vegetativa
O casco dos navios é naturalmente propensos a cracas (thoracica) e outros organismo marinhos. Estes podem aumentar a resistência e tornar os navios menos eficientes. Ao usar tinta anti-vegetativa (ou anti-incrustante) nos cascos de todos os nossos navios, tornamo-los o mais hidrodinâmicos possível. São TBT-free, ou seja, tentamos manter os químicos danosos o mais distantes possível do mar. 

Equipamentos de Alta Eficiência
Reduzir a nossa pegada de carbono não depende só de grandes gestos. O uso diário de electricidade também tem o seu peso. Equipamentos energeticamente eficientes, incluindo frigoríficos, aquecedores, máquinas de lavar loiça, máquinas de lavar roupa e máquinas de secar em toda a nossa frota ajudam-nos a a manter a nossa pegada de carbono baixíssima.

Iluminação de LED
Os nossos navios só utilizam iluminação energeticamente eficiente, de LED e fluorescente, poupando energia ao produzir a mesma iluminação que uma lâmpada convencional, mas com muito menos watts.
 
Sistemas inteligentes de aquecimento, ventilação e ar condicionado (HVAC)
Os sistemas HVAC a bordo dos nossos navios são concebidos para reduzir o consumo de energia. Distribuem o calor e o frio de forma inteligente, por forma a que seja possível recuperar o calor das áreas mais quentes do navio para concedê-lo às áreas que mais precisam.

Preservamos a água

Preservamos a água

Preservamos a água

A água doce é um recurso não-renovável. A nossa filosofia é usá-la frugal e eficientemente. Com este fim, damos todos os passos necessários e possíveis para reduzir o nosso consumo de água. De tecnologias que reduzem a utilização de água às campanhas de sensibilização a bordo dos nossos navios para encorajar a responsabilidade para com a água, a MSC Cruzeiros lidera o caminho da preservação deste recurso natural tão importante.
 
Regra geral, não consumimos água dos portos e comunidades costeiras. Na verdade, toda a água que utilizamos a bordo é auto-produzida.
Estão presentes Centrais de Produção de Água Doce em toda a nossa frota. Enquanto os nossos navios mais recentes estão equipados com tecnologias de produção de água de alto desempenho, os nossos navios mais antigos foram recentemente actualizados com sistemas de alta eficiência e maior capacidade de produção de água.
 
No que toca aos camarotes, equipamos todos os navios com sanitas de aspiração, que requerem muito pouca água de saneamento.
 
Produzimos milhares de litros de água potável por dia a partir de água do mar. Nos nossos navios maiores, temos capacidade para produzir mais de 2 milhões de litros de água potável por dia. Fazer isto de uma forma sustentável é uma parte substancial da nossa filosofia sobre a água e o mar.

Das águas residuais às descargas de água com qualidade

Das águas residuais às descargas de água com qualidade

Nenhuma água residual resultante das nossas operações deixa nenhum dos nossos navios sem o devido tratamento. Quaisquer descargas da nossa frota passam por um extensivo processo de purificação.
 
Em 2008, quando lançámos o primeiro navio da nossa Classe Fantasia, equipámo-lo com Sistemas Avançados de Tratamento de Águas Residuais (AWTS - Advanced Wastewater Treatment Systems). Um Advanced Waste Water Treatment System torna a água residual em água de qualidade ao misturar diferentes fontes de resíduos conjuntamente e filtrando os componentes maiores. O que sai no final passa por outro processo de filtragem ultra-fina e tratamento, por forma a produzir descargas de água ao mesmo nível das exigências da maioria dos municípios em volta do mundo.
Através dos nossos sistemas AWTS, substâncias danosas e poluentes são filtradas e digeridas por bactérias. Para evitar quaisquer riscos para a vida marinha, a restante água residual, já purificada, é desinfectada pelo processamento de UV e nunca de solução clorídrica (lixívia). Monitorizamos indicadores-chave para assegurarmos que os níveis de bactérias reminiscentes são aceitáveis antes da descarga.
 
Como resultado deste processo, a água residual que deitamos no mar aproxima-se da qualidade da água potável.
 
O resíduo sólido separado é removido do ciclo. É depois seco, compactado e comprimido na forma de granulado. Este pode servir de combustível para necessidades energéticas específicas a bordo. Dependendo do itinerário do cruzeiro, por vezes entregamos esta biomassa seca em portos onde pode servir outro propósito, como produção de energia. 
 
Outros líquidos que possam ser prejudiciais para o ambiente, como o óleo alimentar, água oleosa, lubrificantes para máquinas e produtos de limpeza nunca são descarregados no mar, mas sim desembarcados e entregues a empresas certificadas nos portos.
 
Os nossos Sistemas Avançados de Tratamento de Águas Residuais processam as águas residuais por forma a que estas tenham a mesma qualidade da água potável.
Das águas residuais às descargas de água com qualidade

Protegemos a vida marinha com um sistema de tratamento de água de lastro

Protegemos a vida marinha com um sistema de tratamento de água de lastro

Protegemos a vida marinha com um sistema de tratamento de água de lastro

Para proteger o ecossistema marinho no qual os nossos navios navegam, estes estão equipados com um sistema de tratamento de água de lastro que obedece às exigências da autoridade internacional para a gestão de águas de lastro, a International Maritime Organization - IMO (Organização Marítima Internacional). O sistema previne a introdução involuntária de espécies marinhas invasivas.

Gestão de resíduos sólidos de última geração

Gestão de resíduos sólidos de última geração

Através dos tempos, tomámos voluntariamente medidas para equipar os nossos navios com as mais modernas instalações de gestão de resíduos sólidos e reciclagem a bordo. Gerimos os nossos lixos em concordância com os princípios ambientais da CLIA e mediante as regulamentações da MARPOL para prevenir a poluição marinha. 
Todo o lixo orgânico, assim como produtos recicláveis de plástico, metal, papel ou vidro, são recolhidos e separados por pessoal de bordo especializado. Os resíduos são compactados, separados e incinerados, e o lixo residual é cuidadosamente entregue a instalações portuárias qualificadas.
 
Conceder formação à nossa tripulação, não apenas para lidar com os resíduos mas também para compreender a importância da gestão dos mesmos, tem importância máxima. Os membros da nossa tripulação recebem formação contínua para assegurar que se mantêm a par das mais altas exigências.
 
Sendo que damos as boas-vindas a mais de 2 milhões de passageiros a bordo dos nossos navios, a gestão do lixo é um dos nossos principais focos e as nossas práticas destinam-se a reduzir, reutilizar e reciclar o lixo que geramos. Os nossos navios estão equipados com um extensivo e coerente sistema para gerir todos os aspectos relacionados com os resíduos sólidos seja a bordo ou em terra e cada navio tem um plano de gestão de lixo que especifica de que forma cada tipo de resíduos sólidos é gerido a bordo. 
 
Cada navio da nossa frota tem um Oficial Ambiental que assegura que o nosso Plano Ambiental é executado correctamente e está a cargo da gestão do lixo a bordo. O Oficial tem o dever de instruir e formar a tripulação sobre as regras internas de gestão de resíduos sólidos.
Gestão de resíduos sólidos de última geração

Estamos a eliminar os plásticos de utilização única

Estamos a eliminar os plásticos de utilização única

Estamos a eliminar os plásticos de utilização única

Sob o nosso Programa de Redução de Plásticos, a MSC Cruzeiros está na fase final de eliminar efectivamente um extenso número de artigos de plástico de todas as suas operações no mar e em terra, substituindo-os por soluções Amigas do Ambiente. 
Como primeiro passo, a Companhia substituiu todas as palhinhas de plástico com sucedâneos 100% compostáveis e biodegradáveis. Para além disso, as bebidas já não serão automaticamente servidas com palhinha. Os Viajantes que a solicitarem poderão escolher de entre um vasto leque de opções Amigas do Ambiente. 
 
A MSC Cruzeiros está a trabalhar com um vasto leque de fornecedores internacionais e locais em áreas onde os navios são posicionados e está a oferecer alternativas eco-friendly feitas com resinas 100% biodegradáveis, feitas a partir de recursos renováveis incluindo milho (ou açúcares de base de ácido poliláctico) bambu, papel ou outros materiais orgânicos. Para além disso, a Companhia também está a trabalhar activamente com fornecedores a todos os níveis da corrente de fornecedores para remover, eficazmente, os plásticos de utilização única em produtos e packaging onde possível.
 
Isto é uma viagem contínua, na qual a tecnologia não permite, por enquanto, uma total substituição do plástico por soluções que sejam sustentáveis. A MSC Cruzeiros pretende assegurar que todo o plástico descartável ainda a uso é reciclado completa e correctamente.

Exploramos novas tecnologias e soluções

Exploramos novas tecnologias e soluções

Os nossos esforços ambientais são uma viagem a decorrer. Continuaremos a explorar e a desenvolver novas soluções para o nossos futuros navios (e, claro, os que já estão a navegar), por forma a equipar a nossa frota com soluções ainda mais inovadoras para um impacto ambiental ainda menor. 
Iremos equipar alguns dos nossos futuros navios com Gás Natural Liquefeito (LNG - Liquefied Natural Gas). Comparado com diesel marinho comum, o LNG reduz as emissões de SOx em mais de 99% e de NOx até 85%. Também elimina matéria particulada nas condutas de escape. 
 
O nosso primeiro navio movido a LNG entrará ao serviço em 2022. Outros segui-lo-ão em 2023, 2024, 2025 e 2027.
 
Apesar dos seus benefícios, só alguns portos a nível global podem receber operações onde os motores a LNG esteja envolvido. Continuaremos o nosso empenho para com este inovador combustível e continuaremos confiantes de que estes desafios para com terceiros possam ser aceites e ultrapassados. 
 
Apesar de acreditarmos que o LNG é um dos elementos-chave que nos permitirá continuar a reduzir o impacto da indústria de cruzeiros no ambiente, não é de todo o único. 
 
Para além disso, continuaremos a equipar os nossos futuros navios com sistema SCR (Selective Catalytic Reduction). A Redução Catalítica Selectiva é uma solução que ajuda a reduzir o dióxido de nitrogénio e outros óxidos de azoto (NOx) e os transforma em inofensivo nitrogénio e água através de uma tecnologia avançada de controlo activo de emissões. 
 
O MSC Grandiosa será o nossos primeiro navio equipado com a tecnologia SCR, que estará também em todos os que o seguirão.
Exploramos novas tecnologias e soluções